Votorantim Cimentos
Publicado em 08/11/201610 dicas para o sucesso do seu varejo
Uma das dicas para bons resultados nas vendas é manter a loja e os produtos sempre organizados e limposCréditos: Victor Romani

10 dicas para o sucesso do seu varejo

O Sebrae elaborou uma lista com os pontos que merecem atenção no dia a dia do negócio de material de construção

Atualmente, há cerca de 150 mil lojas de materiais de construção em todo o Brasil. Para se destacar nesse ambiente de alta competitividade e ter sucesso, alguns fatores são essenciais e a organização é um deles. Por possuir uma gama muito variada de produtos, é imprescindível que tudo seja muito bem organizado e tenha indicação do que é possível encontrar em cada espaço da loja. Desta maneira, o cliente é capaz de encontrar sozinho o que precisa e há menos risco de que ele desista da compra.

Outro ponto importante é a estrutura, que deve ter pelo menos 100 m² (incluindo showroom e depósito) e uma equipe de quatro funcionários: um gerente, dois vendedores especialistas e um caixa. As gôndolas devem estar sempre limpas e organizadas, o que também facilita a escolha do cliente.

O Sebrae elaborou uma lista que aponta quais são os dez pontos que mais precisam de atenção no dia a dia do negócio. Confira as dicas práticas para melhorar o desempenho da loja e aumentar as vendas.

 

MDO_Fatores_sucesso

 

1. Posicionamento de mercado

Defina bem o público-alvo, faça pesquisas de mercado e implemente estratégias de preço e promoções para os clientes, de acordo com o perfil deles;

2. Gestão de produtos

Organize os produtos por categoria, analise as necessidades dos clientes e faça um controle rígido do estoque de mercadorias;

3. Controles financeiros

Mantenha o registro do fluxo financeiro da loja e planeja os investimentos necessários para aprimorar os resultados do negócio;

4. Comodidade

Ofereça acesso à loja sem complicações, como estacionamento e boa localização, além de facilidades de pagamento e possibilidade de entrega dos materiais em locais escolhidos pelos clientes;

5. Parcerias

Tenha um bom relacionamento com fornecedores e profissionais e empresas de produtos e serviços complementares;

6. Marketing de relacionamento

Conheça as necessidades e as expectativas de compra dos clientes, aproximando-se deles, e foque uma estratégia de relacionamento que leve em conta os objetivos do negócio;

7. Gestão de processos

Invista na melhoria dos processos de compra e venda da loja e mantenha um controle dos indicadores do negócio, para conseguir atingir metas de redução de custos e de aumento de vendas, por exemplo;

8. Gestão de estoque

Mantenha um registro dos fornecedores e produtos do estoque, controlando as baixas e a necessidade de novos materiais, por meio de um sistema informatizado;

9. Layout da loja

Organize os produtos por categorias. Os de maior fluxo de vendas devem ficar em pontos estratégicos, para o que cliente possa visualizá-los com mais facilidade. A ideia é deixar a circulação pela loja a mais fluída possível;

10. Atendimento

Capacite continuamente os funcionários sobre os produtos e serviços oferecidos e ensine a eles novas técnicas de venda. Com isso, é possível gerar vendas adicionais no processo de compra.

Diagnóstico

O Sebrae também disponibilizou uma ferramenta que consiste em um questionário com perguntas de múltipla escolha elaboradas para identificar a performance do negócio em relação a cada um dos dez fatores de sucesso. Para cada tipo de resposta, a ferramenta estrutura sugestões e planos de ação.

Após responder ao questionário, o Sebrae envia um relatório, em até cinco dias, por e-mail com as seguintes informações: nível de competitividade mercadológica; análise sobre vantagens e desvantagens competitivas; ferramentas para melhorar o desempenho e aumentar os resultados; gráfico com a performance em cada fator e a comparação com os demais empresários que utilizaram a ferramenta.

Clique aqui, responda o questionário e receba o seu relatório.

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também