Votorantim Cimentos
Publicado em 30/12/2016Serviços de concretagem devem garantir a segurança dos operários
Concretagem pede cuidados básicos, que envolvem tanto a proteção do canteiro, quanto dos profissionaisCréditos: Aisyaqilumaranas / Shutterstock.com

Serviços de concretagem devem garantir a segurança dos operários

Atender à NR 18, utilizar equipamentos de proteção individual e coletiva e conscientizar os profissionais são algumas medidas necessárias

A segurança no canteiro de obras deve adotar algumas iniciativas fundamentais para preservar a integridade física dos operários. Passa por medidas práticas, regidas pela NR 18 – referente a Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção Civil –, treinamentos e campanhas que objetivam conscientizar a equipe quanto à importância desse assunto.

Uma das etapas mais críticas da obra é a concretagem, que encerra o ciclo de execução dos elementos estruturais. Realizada de modo bombeado por mangueira ou manualmente (com concreto virado em obra ou entregue por caminhão betoneira e transportado por gruas, caçambas ou gericas), a aplicação pede cuidados básicos, que envolvem tanto a proteção do canteiro, quanto dos profissionais.

Equipamentos de proteção individual

Deve-se exigir que os operários utilizem os equipamentos de proteção individual (EPIs), como botas de borracha antiderrapantes, luvas (de raspa de couro ou impermeáveis, a depender da aplicação), óculos de segurança, capacete, protetor auricular, máscaras com filtro e cintos de segurança (fixados em cabo-guia para trabalhos em altura acima de 2 m).

Os equipamentos devem apresentar bom estado, funcionar plenamente e passar por acompanhamento frequente dos técnicos de segurança. Caso apresentem desgaste no decorrer da obra, recomenda-se a troca imediata. A especificação precisa estar em conformidade com a NR 6 – Equipamento de Proteção Individual – EPI.

Na hora de concretar

As técnicas de segurança abrangem a inspeção do escoramento e da resistência das fôrmas (sob responsabilidade de um profissional habilitado) antes de lançar o concreto. Recomenda-se, ainda, a verificação prévia do vibrador, a fim de evitar a existência de dupla isolação. As instalações elétricas precisam estar adequadas à potência do equipamento e os cabos, protegidos contra a possibilidade de choques mecânicos e cortes.

Também é indicado averiguar as conexões dos dutos transportadores antes de sua utilização. Outra medida é promover revezamentos frequentes entre os trabalhadores que seguram o mangote e os demais envolvidos na concretagem, evitando, dessa forma, o desgaste físico.

E o canteiro?

Na borda de escavações ou de valas que receberão o concreto, pede-se a colocação de guarda-corpos, assim como as proteções de periferia de lajes devem estar instaladas no perímetro da área a ser concretada, impedindo a queda dos trabalhadores e de objetos da obra. Utiliza-se em conjunto bandejas de proteção para garantir ainda mais segurança.

É indispensável, também, que o caminhão betoneira esteja seguramente brecado e a uma distância maior do que a metade da profundidade das escavações ou valas. Além disso, as caçambas transportadoras de concreto – quando utilizadas – necessitam de dispositivos de segurança que impeçam o descarregamento acidental.

As áreas de circulação de veículos leves e pesados e das pessoas devem ser bem sinalizadas, de modo a orientar o fluxo adequado. O descarregamento e o armazenamento de materiais também devem ser feitos em áreas pré-determinadas para não atrapalhar as demais atividades da obra.

Acidentes mais comuns

Embora haja uma crescente conscientização no canteiro de obra, alguns acidentes ainda acontecem por descuidos e negligências.

Entre as situações mais alarmantes, estão a queda de pessoas e de objetos, a ruptura de fôrmas, os cortes e ferimentos causados por objetos pontiagudos, o escorregamento em superfícies úmidas e molhadas, o deslizamento de terra, a eletrocussão e até mesmo doenças pela falta de higiene – o contato com o concreto, por exemplo, pode causar dermatites, enquanto o trabalho sob condições meteorológicas adversas pode causar sérias consequências.

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também