Votorantim Cimentos
Publicado em 14/05/2013Gestão de segurança

Gestão de segurança

Guia ajuda a elaborar programa de prevenção de acidentes

Gestão de Segurança é um assunto importante e que exige a elaboração de um programa de diretrizes administrativas, de planejamento e de organização, capaz de garantir a implantação de medidas de controle e sistemas preventivos de acidentes de trabalho. Para auxiliar profissionais responsáveis por grandes obras, o Serviço Social da Construção Civil do Distrito Federal (Seconci-DF) disponibiliza para download a “Cartilha Orientativa para Implantação de Segurança no Canteiro de Obras“.
A publicação traz indicações de procedimentos variados, a documentação exigida pelo Ministério do Trabalho e medidas de segurança para utilização de equipamentos e execução de escavações em taludes de altura superior a 1,25 m.
No caso das escavações, taludes acima de 1,75m de profundidade, ou taludes instáveis com altura superior a 1,25m devem ter estabilidade garantida. Trabalhadores passam por treinamento específico e registrado. É também exigido o isolamento de todas as áreas de escavação; os trabalhos em valas pedem estudo caso a caso, em função da profundidade e do material utilizado, e tanto medidas preventivas quanto inspeções são anotadas e assinadas pelo responsável. O material retirado da escavação deve ser depositado a uma distância superior à metade da profundidade escavada, medida a partir da borda do talude.
Quanto à utilização de equipamentos elétricos, além dos cuidados gerais, a cartilha destaca práticas preventivas que devem ser adotadas para o uso de serra circular de bancada, betoneira, vibrador de concreto e elevador. Além de procedimentos de segurança, a cartilha traz ainda um resumo das principais atribuições de cada uma das 35 normas regulamentadoras (NRs) editadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Compartilhe esta matéria

Mais lidas

Veja também