Votorantim Cimentos
Mapa da Obra - E-book

Descubra como organizar sua loja de materiais de construção

Confira as técnicas para expor seus produtos de maneira correta e realizar mais vendas!

Publicado em 31/05/2018Planilha de estoque otimiza gestão de sua loja
Gerenciamento de estoque por meio de planilha facilita na hora de verificar quais produtos estão em falta e realizar novas comprasCréditos: Shutterstock

Planilha de estoque otimiza gestão de sua loja

Controle de estoques é fundamental para evitar perdas de vendas e de produtos

Um dos maiores desafios e, ao mesmo tempo, necessidades dos lojistas de materiais de construção é realizar corretamente o gerenciamento de estoque. A forma mais fácil para fazê-lo é por meio da planilha de estoque, onde é possível controlar, por meio da colocação dos dados de entrada e saída dos produtos, o que falta e o que está represado em estoque.

Controlar esse estoque é fundamental para garantir, por exemplo, que produtos que tenham validade não vençam. “Embora existam alguns produtos que não tenham data de validade, ao mantê-lo no estoque, você não consegue oferecer um material mais novo porque precisa tentar vender aquele ainda”, ressalta Nelson Endrigo Junior, consultor do Sebrae-SP.

No caso de produtos perecíveis, geralmente, é preciso se atentar com materiais, como tintas. Uma dica para gerenciar a saída desses produtos é sempre colocar ao fundo do estoque aqueles comprados recentemente e, logo à frente da fila, aqueles materiais que foram comprados há mais tempo – garantindo, assim, que haja um ciclo naquele estoque.

Tempo de ressuprimento

O tempo de ressuprimento é o período de tempo que o seu fornecedor leva para entregar o produto solicitado desde o pedido realizado. É importante controlar qual o tempo de ressuprimento de cada fornecedor, a fim de fazer as solicitações com a antecedência necessária sem correr o risco de ficar sem os produtos em seu estoque.

Também é preciso contabilizar a quantidade de material que você necessita ter em estoque até seu fornecedor entregar a nova demanda. Para exemplificar, basta pensar na seguinte situação: caso o seu fornecedor leve 5 dias para entregar argamassas na sua loja e você venda 50 pacotes argamassa por dia, quando restar em seu estoque 250 sacos de argamassa você está no seu limite para fazer o novo pedido. Ou seja, esses 250 sacos, na prática, conseguem atender a sua demanda até chegar os novos produtos.

 

Cuidados

O manuseio dos produtos é bastante importante para evitar rasgos nas embalagens ou qualquer tipo de danificação que inutilize os materiais. Essa inutilização, consequentemente, vai gerar prejuízo para o lojista que comprou aquele material e não vai poder obter lucro com aquela venda. Vale ressaltar que, os materiais de acabamento são mais frágeis, portanto, o risco de quebras costuma ser maior.

Os períodos de sazonalidade também precisam ser considerados no momento de fazer as solicitações aos fornecedores de materiais. De acordo com o Sebrae-SP, existem meses, como dezembro, em que a demanda pode aumentar por conta de fatores macroeconômicos, como o recebimento do décimo terceiro salário. Dessa forma, se atentar ao comportamento do consumidor é fundamental para manter o estoque dentro do desejável durante todo o ano.

O Mapa da Obra elaborou uma planilha de estoque personalizada para facilitar o gerenciamento dos lojistas de materiais de construção. Baixe o e-book com orientações sobre como gerenciá-lo de forma mais assertiva e confira, também, a planilha:

Botão Site

 

 

Compartilhe esta matéria

Dicas para organizar sua loja de materiais de construção

Baixe o e-book gratuito e descubra as melhores alternativas para organizar sua loja e melhore o resultado de vendas!

Mapa da Obra - E-book
X